50 anos do golpe de 1964

50 anos do golpe de 1964


 A Escola DIEESE de Ciências do Trabalho encerrou, em 27 de maio, os debates sobre os 50 anos do golpe de 1964 – continuidades e rupturas. O evento, promovido entre abril e maio, reuniu cerca de 100 participantes. O encontro foi dividido em cinco mesas e realizado no auditório da Escola, em São Paulo.

 

A mesa de abertura foi promovida em 15 de abril, com a participação do religioso dominicano Frei Betto e do consultor sindical João Guilherme Vargas Neto. Em 25 de abril, o tema Comissão da Verdade foi abordado por Amelinha Teles, da Comissão da Verdade “Rubens Paiva”, do Estado de São Paulo; Luiza Erundina, da Subcomissão Memória, Verdade e Justiça, da Câmara dos Deputados; e Rosalinda Santa Cruz, representante da Comissão da Verdade PUC-SP “Reitora Nadir Gouvêa Kfouri”.

 

Em maio, foram debatidos os temas memória sindical, militarização e Copa do Mundo.

 

O professor do Departamento de Ciência Política da Unicamp e diretor do Arquivo Edgard Leuenroth, Álvaro Gabriel Bianchi Mendez; o economista, professor, político e ex-diretor técnico do DIEESE, Walter Barelli; e o professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), também pesquisador do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (Cedec), Eduardo Noronha, participaram da mesa Trabalho e memória sindical: da ditadura à democracia, em 6 de maio. 

 

De Edson Luís a Amarildo: militarização e democracia foi a questão tratada em 8 de maio, pelo membro do conselho editorial da Revista Brasil de Fato e diretor do documentário 1964 – um golpe contra o Brasil, Alípio Freire; e peloprofessor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Edson Teles, um dos organizadores do livro O que resta da ditadura. 

 

O último debate, realizado em 27 de maio, contou com a participação do coordenador do Comitê Organizador do Mundial de Futebol de Rua, Antonio Eleilson Leite; do editor chefe da revista Forum, Renato Rovai; e doadvogado e professor das Faculdades Metropolitanas Unidas(FMU),Antonio Rodrigues do Nascimento, autor do livro Futebol & Relação de Consumo. O grupo finalizou o evento discutindo A Copa na Ditadura e a Copa na Democracia.